Sunday, September 4, 2011

Moody



TEMPESTADE

A luz pálida do luar
Dossolve a dor do meu pranto
Do amor que dei em vão
Do amor que me foi negado
Em vao...
Tenho saudades do mar.

A luz pálida do luar
Dossolve a dor do meu pranto
Do amor que dei em vão
Do amor que me foi negado
Em vao...

Ninguém ouve o meu lamento
Mágoa de sofrer em silencio
Um dia gritarei
Mais alto que os trovôes

Ninguém ouve o meu lamento
Mágoa de sofrer em silencio
Ninguém ouve o meu lamento
Mágoa de sofrer em silencio

TEMPEST
The pale light of the moon
Dossolve the pain of my tears
From the love I gave in vain
The love that I was denied
In vain …
I miss the sea.

The pale light of the moon
Dossolve the pain of my tears
From the love I gave in vain
The love that I was denied
In vain …

No one hears my cry
Woe to suffer in silence
One day cry
Louder than the thunder

No one hears my cry
Woe to suffer in silence
No one hears my cry
Woe to suffer in silence



No comments:

Post a Comment